Vítimas reconhecem motociclista preso por abusos sexuais contra mulheres em Ourinhos

27/10/2020

 

Homem trabalhava como mecânico durante o dia e fazia entrega de lanches à noite. Oito mulheres reconheceram o acusado.

 


Um motociclista de 42 anos foi preso no início da noite desta segunda-feira, 26, suspeito de praticar abusos contra mulheres nas ruas em Ourinhos (SP).

A prisão aconteceu após uma operação realizada em conjunto por policiais das delegacias de Investigações Gerais (DIG) e de Defesa da Mulher (DDM). Segundo a polícia, o acusado usava uma motocicleta preta e teria sido reconhecido por algumas vítimas.

O caso ganhou repercussão após uma vítima relatar o abuso em rede social no último domingo, 25. Uma gestante de seis meses contou que estava na Rua Ataliba Leonel quando o suspeito a perseguiu de motocicleta e passou a mão em suas partes íntimas, fugindo pela contramão em seguida. Pelo menos oito vítimas reconheceram o homem que também trabalha como mecânico. 

Segundo o site Passando a Régua, o homem é casado pai de dois filhos e atuava como mecânico durante o dia e de noite fazia “bico” de entregador do iFood (aplicativo de compras de comida). 

Ele chegou a negar os abusos e teria dito que apenas passava as mãos nos braços das vítimas, que relataram que o agressor passava as mãos em suas partes íntimas e em alguns casos apertava as regiões como nádegas, mamas e até as genitálias das mulheres.

O homem, que já tem passagem pela prisão por outros crimes, foi preso em flagrante e encaminhado à cadeia pública de São Pedro do Turvo (SP), onde aguarda a decisão judicial.

 

Receba nossas notícias diretamente em seu WhatsApp. Clique aqui e se cadastre!

 

Ele pode cumprir pena imediatamente através de prisão preventiva, ou pode ser solto para responder em liberdade até o julgamento. O acusado responderá pelo crime de estupro, podendo, se condenado, ter que cumprir pena de 6 a 10 anos de prisão em regime fechado. 

A prisão ocorreu após análise de imagens de câmeras de seguranças nas proximidades dos últimos ataques, que aconteceram na noite deste domingo, 25. A mulher que está grávida de seis meses também reconheceu o agressor.

 

Vítimas

Oito mulheres disseram na noite desta segunda-feira, 26, na DDM (Delegacia de Defesa da Mulher), que foram abusadas pelo mecânico.

Segundo a polícia, o homem agia sempre à noite, com sua motocicleta Honda/Fan, preta e sempre com uma mochila do iFood, de cor vermelha, nas costas. Ele teria abusado tanto de mulheres em outras motocicletas, como também de vítimas que estavam a pé na rua.  Em um caso específico o acusado chegou a passar as mãos nas nádegas de uma mulher que estava acompanhada do marido. 

Uma jovem, que reconheceu o mecânico como o autor dos abusos, relatou ao site Passando a Régua que foi abusada em duas oportunidades e a primeira teria ocorrido há cerca de 20 dias quando ela parou a sua motocicleta, por volta das 22h30, no semáforo da Rua Expedicionário no cruzamento com a Avenida Jacinto Sá, na área central de Ourinhos. 

Motociclista é preso suspeito de abusar de grávida em rua de Ourinhos — Foto: Adolfo Lima/TV TEM

 

Segundo a jovem, na primeira vez ele passou a mão em suas nádegas e foi embora rapidamente. Menos de uma semana depois, em outro ataque, desta vez o homem a seguiu e nas proximidades do Cemitério Municipal de Ourinhos, na região da Vila São Luiz, o agressor fechou a frente da moto da jovem e a obrigou a parar.

Ele então apertou com força as nádegas da jovem e a assediou com palavras de baixo calão. A mulher então gritou pedindo para ele não encostar nela e ligou a moto e saiu correndo.

A jovem disse que chegou a até ficar marcada com a unha do homem em seu corpo, por cerca de uma semana.A Polícia Civil acredita que mais mulheres foram vítimas do homem e pede para que todas as mulheres procurem a DDM para contar a sua história, para que a justiça seja feita.

 
 
Conteúdo: Passando a Régua

 

Fique sempre por dentro das  Notícias em Santa Cruz atualizadas diariamente através do aplicativo ACHEI SANTA CRUZ , basta clicar na imagem abaixo que você será redirecionado a loja de aplicativos de seu smartphone!

 

 

Notícias Relacionadas
Publicidade