Secretaria de Saúde confirma primeiro caso de dengue no ano em Santa Cruz

16/02/2019

 

Vírus tipo 2 da doença nunca esteve isolado no município, cidade tem risco potencial de epidemia.

 

 


A Secretaria de Saúde comunica que recebeu nesta quinta-feira, dia 14, o resultado positivo para um caso de Dengue, no Jardim União. O caso foi classificado como importado, já que o paciente contraiu a doença na cidade de Bauru. 

A situação preocupa os agentes de saúde, já que em Bauru circula o Vírus tipo 2, que nunca esteve isolado no município, colocando a cidade em risco potencial de epidemia.

As equipes de agentes de controle de vetores e agentes comunitários estão fazendo todo o trabalho de redução e controle de criadouro, além da nebulização de áreas com suspeitas de casos, conforme as normas da Superintendência de Controle de Endemias do Estado (SUCEN).

Em Santa Cruz do Rio Pardo, no mês de janeiro foram notificados cinco casos de dengue, sendo que todos apresentaram resultado negativo. Neste mês, até então foram notificados 7 casos à Secretaria de Saúde, sendo um já descartado e cinco aguardam resultado.

Todos os munícipes que apresentarem os sintomas da dengue devem procurar uma Unidade de Saúde próxima. A doença tem início súbito e sintomas como febre alta, dores de cabeça, cansaço, dor muscular e nas articulações, indisposição, enjoos e vômitos podem durar de cinco a sete dias.

Lembrando sempre que a melhor forma de se evitar a Dengue é combatendo os criadouros do mosquito. Para isso é importante não acumular água parada em latas, pneus velhos, vasinhos de plantas, tambores, garrafas, cisternas e sacos plásticos. 

A limpeza de quintais e terrenos onde há aglomeração desses elementos é questão de saúde pública. O uso de repelentes também é recomendado, principalmente para aqueles que se deslocam com frequência para cidades vizinhas onde estão ocorrendo casos de dengue.

 
 
 

 

Com 2.423 casos confirmados, Bauru é líder no ranking de Dengue no Estado

 

A Secretaria de Saúde de Bauru (SP) anunciou nesta sexta-feira (15) a confirmação de 875 novos casos de dengue, todos eles autóctones (contágio no próprio município). Com isso, Bauru lidera o ranking da doença no interior e litoral do estado, com 2.423 casos, sendo apenas um deles importado (veja o ranking abaixo).

Com o anúncio desta sexta-feira, Bauru superou Andradina, que possui atualmente 2.083 pessoas com dengue, e fica à frente também de Franca, com 2.106 registros oficiais da doença. Os números são das secretarias municipais de Saúde.

Segundo o Departamento de Saúde Coletiva de Bauru, os casos anunciados nesta sexta tiveram início de sintomas entre os dias 6 de janeiro e 15 de fevereiro.

Os números da doença também quebraram mais uma marca. Os casos confirmados apenas neste ano superaram a soma de todas as 1.669 pessoas atingidas nos últimos três anos. Em 2016, foram 1.353 casos, com outras 75 ocorrências em 2017 e mais 241 casos em 2018.

A cidade também já registra três casos de morte de pessoas com os sintomas da doença neste ano. No último dia 5, um idoso de 81 anos morreu vítima da dengue.

A Secretaria de Saúde informou que aguarda o laudo do Instituto Adolfo Lutz para confirmar a causa da morte e diz que também há outras duas mortes suspeitas em Bauru.

 

O ranking da dengue em SP

Bauru – 2.422 casos
Andradina – 2.083 casos
Franca – 2.016 casos
Araraquara – 1.273 casos
São José do Rio Preto – 1.252 casos
São Joaquim da Barra – 405 casos
Agudos – 370 casos
 
 
 
Conteúdo: G1
 

 

Fique sempre por dentro das  Notícias em Santa Cruz atualizadas diariamente através do aplicativo ACHEI SANTA CRUZ , basta clicar na imagem abaixo que você será redirecionado a loja de aplicativos de seu smartphone!

 

 

Notícias Relacionadas