Presidente do PSDB diz que não é ‘office boy’ de Doria e Covas e renuncia

26/02/2019

 

Deputado estadual Pedro Tobias diz que ‘não agradou à cúpula’ e que estava sendo isolado por governador e prefeito.

 

 
 

Presidente estadual do PSDB paulista, o deputado estadual Pedro Tobias surpreendeu o partido na noite dessa segunda-feira, 25, e apresentou sua carta de renúncia durante uma reunião da executiva da sigla na capital.

Seu substituto será o ex-deputado Miguel Haddad, que é o 1° vice presidente do partido.

“Não agradei à cúpula. O presidente do PSDB não pode ser ‘office boy’ de governador e prefeito. Juntou o pessoal do João Doria e do Bruno Covas e eu fiquei fora. Estavam me isolando “, disse Tobias ao site do jornal Estado de S. Paulo.

Ainda segundo Tobias, o PSDB virou uma “zona total” e reuniões foram convocadas pelo WhatsApp sem que ele fosse informado. 

Com apoio do governador João Doria, o ex-deputado e secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, deve ser eleito em maio o novo presidente do PSDB paulista.

 
 
 
Conteúdo: O Estado de S. Paulo
 

 

Fique sempre por dentro das  Notícias em Santa Cruz atualizadas diariamente através do aplicativo ACHEI SANTA CRUZ , basta clicar na imagem abaixo que você será redirecionado a loja de aplicativos de seu smartphone!

 

 

Notícias Relacionadas