Prefeitura abre sindicância para investigar denúncia de falsificação em orçamento para secretaria de Esportes

07/06/2018

 

Orçamento visava contratação de transporte para viagem da equipe de futsal feminino de Santa Cruz até Pederneiras-SP.

 



A prefeitura de Santa Cruz do Rio Pardo informou na manhã desta quinta-feira, 07, através da secretaria de Comunicação Social, que instaurou sindicância para apurar denuncia de irregularidades na contratação de serviço de transporte de atletas feita pela da secretaria de Esportes do município.

De acordo com a denúncia, feita pelo ex-vereador Luiz Carlos Novaes Marques, o “Psiu”, e encaminhada ao prefeito Otacílio Assis (PSB), um funcionário da secretaria de Esportes haveria falsificado assinatura de orçamento enviado em nome de uma empresa de transportes de Bernardino de Campos-SP, à secretaria de Esportes.

O orçamento em questão, visava a contratação de van para viagem da equipe de futsal feminino de Santa Cruz até a cidade de Pederneiras-SP. 

Segundo a legislação, são necessários no mínimo três tomadas de preços com orçamentos de empresas distintas para contratações por parte da prefeitura, em casos onde não é necessária abertura de licitação (serviços com custo abaixo de R$ 8 mil).

De acordo com Psiu, para a viagem à Pederneiras foram apresentados três orçamentos, com os valores de R$ 1.400, R$ 1.600 e R$ 1.950. O ex-vereador então procurou as três empresas interessadas e em contato por e-mail, recebeu a resposta de uma delas, que afirmou não ter conhecimento de envio de qualquer orçamento para prefeitura de Santa Cruz.

Psiu então entrou em contato com a secretaria de Comunicação Social do município a fim de que a denúncia fosse encaminhada ao prefeito Otacílio Assis. O ex-vereador disse nesta quinta-feira, que irá aguardar as providencias da prefeitura antes de levar a denúncia ao Ministério Público, durante entrevista concedida à rádio 104 FM (confira o áudio abaixo). 

Foto: Santa Cruz News
Ex-vereador, Psiu encaminhou a denúncia ao prefeito de Santa Cruz do Rio Pardo.

Todos os orçamentos apresentados estão assinados pelo diretor de Lazer, Exedil Maganani Neto, responsável pela contratação do serviço.

Em nota encaminhada a Imprensa nesta manhã, a prefeitura de Santa Cruz promete apurar os fatos e ‘exoneração imediata’ caso os responsáveis ocuparem cargos em comissão. Já se a responsabilidade for de funcionários concursados, as penalidades serão aplicadas após processo administrativo. Assina a portaria instaurando a sindicância, o secretario Municipal de Administração, Maurício Sallemme.

Abaixo, a entrevista do ex-vereador Psiu, à rádio 104 FM, nesta quinta-feira.

 

Veja a portaria que instaura a sindicância para investigar denúncias do ex-vereador:



 
 

 

Fique sempre por dentro das  Notícias em Santa Cruz atualizadas diariamente através do aplicativo ACHEI SANTA CRUZ , basta clicar na imagem abaixo que você será redirecionado a loja de aplicativos de seu smartphone!

 

 

Notícias Relacionadas