Polícia prende acusados de matar aposentado de 76 anos em Chavantes

02/07/2020

 

Idoso foi vítima de latrocínio na madrugada da última quarta-feira.

 

 

Cinco pessoas foram presas acusadas de envolvimento no assassinato de um aposentado de 76 anos, morto durante um assalto em Chavantes (SP).

Segundo a polícia, o crime ocorreu na madrugada de terça para quarta-feira, 1º. O corpo de Alcides Ferreira de Lima foi encontrado no final da tarde por sua filha na residência em que vivia, na rua Major Dias Grilo, no bairro Jardim Conceição.

A vítima tinha sinais de golpes faca além de um ferimento na cabeça, provavelmente causado por uma pedra ou tijolo. Após o encontro do corpo do aposentado que morava sozinho no local, os policiais militares receberam denúncias e conseguiram chegar até os acusados do crime.

Um homem de 28 anos foi preso em Canitar (SP) e confessou participação no latrocínio. Ele também apontou outros três acusados, um de 31, outro de 40 e um de 30 anos de idade.

Ainda de acordo com a polícia, um dos envolvidos teria contado aos demais que o aposentado tinha dinheiro em sua casa, o que despertou o interesse em realizar o assalto na madrugada da quarta-feira.

Na ação, três homens invadiram a casa do idoso, enquanto outro integrante do bando, com ajuda de um quarto elemento, retiravam os pertences e objetos roubados da residência.

O homem de 40 anos teria ido o quarto do idoso e o golpeado com facadas enquanto pedia dinheiro ao aposentado. O agressor ainda acertou o idoso com uma tijolada na cabeça. Na sequencia, os bandidos fugiram levando um televisor de 32 polegadas, um aparelho de DVD, um relógio de pulso e um telefone celular da vítima.

 

Receba nossas notícias diretamente em seu WhatsApp. Clique aqui e se cadastre!

 

O televisor roubado chegou a ser vendido, o receptador confessou a polícia que comprou a TV por R$200 dos acusados, mas negou ter conhecimento que o mesmo havia sido roubado.

A televisão que estava escondida em meio a um canavial foi devolvida a filha da vítima e o homem que confessou a compra acabou preso por receptação. Ele porém, pagou fiança de um salário mínimo R$1.045, e poderá responder em liberdade. Até o momento, os outros objetos roubados bem como, a arma utilizada no crime não foram localizados.

Os quatro elementos acusados responderão por latrocínio e já estão à disposição da Justiça na cadeia pública de São Pedro do Turvo (SP).

 
 
 

 

Fique sempre por dentro das  Notícias em Santa Cruz atualizadas diariamente através do aplicativo ACHEI SANTA CRUZ , basta clicar na imagem abaixo que você será redirecionado a loja de aplicativos de seu smartphone!

 

 

Notícias Relacionadas
Publicidade