Maior transação da história do clube, Ednan está de volta a Santacruzense

05/01/2018

 

Negociado com a Ponte Preta em 2016 por R$ 130 mil, jovem artilheiro retorna ao Tricolor.

 



A diretoria da Associação Esportiva Santacruzense confirmou nesta quinta-feira, 04, o retorno do atacante Edinan para a disputa do Campeonato Paulista da Segunda Divisão (4ª Divisão) com previsão de início para abril de 2018.

O jogador foi artilheiro e grande destaque do Tricolor na campanha da Segundona de 2016 com 11 gols na competição. Na ocasião, o bom futebol de Ednan despertou interesse da Ponte Preta que comprou os direitos federativos do atleta por R$ 130 mil. A transação, conduzida pelo então presidente Sidnei Maluza, foi a maior em toda a história do clube de Santa Cruz do Rio Pardo.

Segundo o diretor de futebol, Luciano Galego, o próprio jogador mostrou interesse em voltar a atuar pelo clube que retorna a suas atividades no futebol profissional após um ano de pausa.

“Converso sempre com o Ednan, e ele sabendo do nosso projeto para este ano me perguntou se tínhamos o interesse em seu retorno já que o contrato dele com a Ponte se encerrou em dezembro de 2017”, revelou Galego, em entrevista à rádio 104 FM. Galego era vice-presidente na gestão de Maluza. 

Ídolo da torcida, Ednan deve se apresentar ao clube ao lado dos demais jogadores já contratados nos próximos dias para o início dos treinamentos. O trabalho será comandado por outro velho conhecido do time, Claudinho Batista, técnico com passagens pelo Mogi Mirim e XV de Piracicaba, que também volta à cidade em 2018.

Jogador foi negociado em 2016 com a Ponte Preta.


Polícia Militar libera Estádio 

Também nesta quinta-feira, o clube conseguiu contornar um imbróglio que ameaçava sua participação na Segundona deste ano.

Segundo o site Santa Cruz News, o presidente do clube,  Domingos do Carmo, recebeu a informação de que o estádio Leônidas Camarinha não seria liberado devido a falta de uma entrada específica para torcidas visitantes, como exige a Federação Paulista de Futebol.

A Polícia Militar, responsável pela emissão do laudo para a  FPF, não aceitaria a liberação do estádio nas atuais condições, o que praticamente tirava o clube de Santa Cruz do Rio Pardo da competição estadual. 

Porém, uma reunião no gabinete do prefeito Otacílio Parras Assis (PSB), com a participação do Capitão Cassiano Correa de Moraes, responsável pela Polícia Militar de Santa Cruz, e a diretoria da Santacruzense, selou um acordo.

A prefeitura se dispôs a desapropriar um terreno ao lado do estádio Leônidas Camarinha para a construção de uma entrada para torcida visitante. Com a garantia do prefeito, Cassiano concordou em liberar a utilização do local, porém ainda aguardaria a posição dos demais capitães da Polícia Militar para uma posição em definitivo.

Já nesta sexta-feira, os capitães da PM Lucas Viol Franciscon e Cenise Araújo Calasans, ratificaram decisão, e confirmaram a liberação do estádio para os jogos da Santacruzense em 2018.

 

 

Fique sempre por dentro das  Notícias em Santa Cruz atualizadas diariamente através do aplicativo ACHEI SANTA CRUZ , basta clicar na imagem abaixo que você será redirecionado a loja de aplicativos de seu smartphone!

 

 

Notícias Relacionadas