Inadimplência no Fies passa de R$ 10 bilhões, diz MEC

27/06/2018

 

Governo federal anunciou que vai abrir em agosto programa para estudantes inadimplentes poderem renegociar a dívida junto à Caixa Econômica Federal.

 

 

Dados divulgados pelo Ministério da Educação na tarde desta segunda-feira (25) mostram que as dívidas de pessoas inadimplentes junto ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) já somam um “débito total de R$ 10 bilhões com o fundo”.

De acordo com o MEC, mais de 450 mil ex-estudantes que já estão na fase de amortização não estão em dia com o pagamento das parcelas.

A pasta anunciou, ainda, que essas pessoas vão poder aderir ao Programa Especial de Regularização do Fies a partir de agosto. A iniciativa já estava prevista na MP do Novo Fies, aprovada no Congresso em novembro, mas, ainda não teve as regras divulgadas, apenas o mês em que terá início.

Segundo o governo federal, o motivo do atraso era a espera da sanção de outra medida provisória, sobre os fundos constitucionais de financiamento, o que aconteceu na semana passada.

“A proposta de renegociação das dívidas do Fies pelos estudantes com as instituições financeiras já havia sido apresentada pelo MEC na reunião anual da Frente Parlamentar Mista da Educação, na Câmara dos Deputados, em maio, e estava prevista na Medida Provisória do Novo Fies. Mas a decisão oficial ocorreu somente com a publicação da lei”, disse a pasta, em um comunicado divulgado nesta segunda.

Segundo o MEC, a data de início do programa será em agosto, mas “o Comitê Gestor do Fies divulgará oportunamente as regras”.

Dados divulgados neste mês mostram que a inadimplência do Fies dobrou desde 2014 e, em março, 41% dos estudantes que já precisavam pagar de volta a dívida não pagavam as parcelas havia mais de três meses.

 

Inadimplentes poderão renegociar dívida no segundo semestre

Estudantes que contrataram o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e não estão conseguindo pagar o financiamento em dia, poderão renegociar as dívidas a partir do segundo semestre deste ano. 

O Fies concede financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC. Atualmente, 2,7 milhões de estudantes são beneficiados.

As regras para a renegociação ainda serão definidas pelo Comitê Gestor do Fies. A previsão é que isso seja feita em agosto. Os estudantes poderão então procurar a Caixa Econômica Federal e normalizar a situação com o Fies.

O MEC informou que, no momento, 826 mil estudantes estão em situação de amortização e ainda começarão a quitar o empréstimo, respeitados os prazos definidos para o início do pagamento.

 

 

Conteúdo: G1

 

Fique sempre por dentro das  Notícias em Santa Cruz atualizadas diariamente através do aplicativo ACHEI SANTA CRUZ , basta clicar na imagem abaixo que você será redirecionado a loja de aplicativos de seu smartphone!

 

 

Notícias Relacionadas