Homem de 24 anos é preso após exigir R$ 10 mil para não divulgar conversas de vítima nas redes sociais

10/09/2020

 

Polícia simulou encontro com acusado para prendê-lo; carro e celulares foram apreendidos.

 

 

Um jovem de 24 anos que trabalha como caldeireiro em Ourinhos (SP) foi preso em flagrante por extorsão, nesta terça-feira, 8, após pedir R$ 10 mil para não divulgar conversas pessoais da vítima nas redes sociais que seriam comprometedoras.

A prisão foi feita pela Polícia Civil, nas dependências da Rodoviária, na Vila Perino, em Ourinhos.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a vítima contou à polícia sobre o crime e a equipe simulou um encontro com o suspeito para prendê-lo.

Segundo o denunciante, o jovem teria entrado em contato com ele pelas redes sociais exigindo o pagamento de R$ 10 mil para não divulgar mensagens que a vítima trocava com outra pessoa. O conteúdo das mensagens não foi informado, mas seriam conversas que poderiam comprometer a vítima.

 

Receba nossas notícias diretamente em seu WhatsApp. Clique aqui e se cadastre! 

 

Simulando que ia entregar o dinheiro solicitado, a equipe da DIG encontrou o suspeito e o prendeu em flagrante, nas dependências da Rodoviária.

O celular do rapaz e da vítima foram apreendidos, além do carro utilizado pelo acusado. O homem foi levado à cadeia pública de São Pedro do Turvo (SP) mas conseguiu na Justiça a liberdade provisória ao pagar fiança em juízo.

O caldeireiro responderá em liberdade pelo crime de extorsão, que prevê pena de reclusão, de quatro a dez anos, e multa. O caso está sob segredo de justiça.

 

Foto: Divulgação/Polícia Civil
 
 

Veja vídeo abaixo:

 
 
Conteúdo: G1

 

Fique sempre por dentro das  Notícias em Santa Cruz atualizadas diariamente através do aplicativo ACHEI SANTA CRUZ , basta clicar na imagem abaixo que você será redirecionado a loja de aplicativos de seu smartphone!

 

 

Notícias Relacionadas
Publicidade