Família oferece carro como recompensa por cães desaparecidos

17/05/2018

 

Desesperados, o casal diz que todos os dias a filha de 5 anos pergunta pelos cães.

 

 


Sem sucesso nos anúncios em redes sociais e através de cartazes espalhados pela cidade, Patrícia Silva e Piterson Dias chegaram a oferecer o carro da família como recompensa por informações sobre o paradeiro dos cães.

Os dois pugs – o macho Prince, de 3 anos, e a fêmea Pandora, de 2 – desapareceram no último dia 20 de abril, no bairro Recanto Azul, na cidade de Botucatu. Os donos não sabem se os animais de estimação fugiram ou foram roubados.

Desesperados, o casal diz que todos os dias a filha de 5 anos pergunta pelos cães. Eles espalharam cartazes pela cidade e divulgaram a busca nas redes sociais.

Sem sucesso, o casal adotou a medida extrema de oferecer o único carro da família como recompensa para quem desse alguma informação sobre os cães. Segundo Patrícia e Piterson, o carro é usado para trabalho e para levar a filha à escola.

Após algumas ligações sem informações objetivas, o casal resolveu mudar a recompensa para um valor em dinheiro, de R$ 6 mil, segundo eles, cifra próxima do valor do carro da família.

“Resolvemos mudar a recompensa porque pensamos que os dois cães podem não estar juntos e não teríamos como “dividir” o carro, já um valor em dinheiro daria para fazer isso”, afirma Patrícia.

Além do desespero pela ausência dos cães, Patrícia explica que os animais têm problemas de saúde e que precisam de cuidados diários. “O macho Prince usava um colírio todos os dias para não ficar cego e a fêmea Pandora tem problemas renai.”

Questionado se a oferta de um carro não seria exagero, o casal disse que os cães são integrantes da família, inclusive sendo tratados como “filhos”.

 

 

Conteúdo: G1

 

Fique sempre por dentro das  Notícias em Santa Cruz atualizadas diariamente através do aplicativo ACHEI SANTA CRUZ , basta clicar na imagem abaixo que você será redirecionado a loja de aplicativos de seu smartphone!

 

 

Notícias Relacionadas