Comentaristas da Globo ironizam projeto de lei de Capitão Augusto

16/04/2018

 

Entre os pontos polêmicos que envolvem a PL, ela pretende obrigar árbitros e assistentes a declararem os times para que torcem.

 

 
 

Durante o quadro A Regra é Clara no programa Seleção SporTV desta segunda-feira (16), Arnaldo Cezar Coelho, Paulo César de Oliveira e Leonardo Gaciba, todos comentaristas de arbitragem do Grupo Globo, usaram de ironia ao tratar do projeto de lei 9983/2018, do deputado Capitão Augusto (PR/SP), que está tramitando na Câmara dos Deputados.

Entre os pontos polêmicos que envolvem a PL, ela pretende obrigar árbitros e assistentes a declararem os times para que torcem. Logo de cara, Arnaldo já fez questão de diminuir a sua importância. 

“Acredito que não vai ser aprovado, porque a Câmara tem muito coisa mais importante que isso”, disse.  Depois, quis saber dos colegas quais os times de futebol pelos quais torcem.

O primeiro foi PC de Oliveira, que assim respondeu: 

“O time que eu coloquei [na ficha de inscrição] e que eu torcia, porque não disputa mais nenhuma divisão, foi a União Cruzeirense de Esporte, a famosa UCE de Cruzeiro”, referindo-se à equipe da cidade paulista onde nasceu.  “Meu irmão Magela jogava lá e eu ia a todos os treinos, em todos os jogos”, completou.

Em seguida, o outro analista de arbitragem global, Gaciba, se pronunciou, e igualmente com bom humor.  “Progresso Futebol Clube, lá de Pelotas (RS)”,  respondeu, também uma equipe da terra-natal e extinta. “Infelizmente, já fechou as portas, também, deputado. Não vai dar, meu time não joga mais”, acrescentou.

E, por fim, foi a vez do apresentador do quadro e principal especialista da Globo no assunto, Arnaldo, contar a sua história com um time de coração, com o objetivo de desqualificar o controverso projeto. 

“Quero confessar que em 1964 eu fiz o curso da Federação Carioca. Vinha da praia, futebol de praia e na praia eu não podia dizer qual era o meu time, senão levava cascudo e aí quando fui preencher levei um susto e botei Radar, um time de praia que ajudei a fundar”, contou.

Deputado Capitão Augusto, autor do projeto de lei para ‘descobrir’ times de coração dos árbitros de futebol.
 
 
Conteúdo: UOL
 

 

Fique sempre por dentro das  Notícias em Santa Cruz atualizadas diariamente através do aplicativo ACHEI SANTA CRUZ , basta clicar na imagem abaixo que você será redirecionado a loja de aplicativos de seu smartphone!

 

 

Notícias Relacionadas