“Bolsonaro não está totalmente preparado para ser presidente”, diz Milton Monti em passagem por Santa Cruz

30/06/2018

 

Na analise do deputado, se o cenário não se modificar, PT deve colocar candidato no segundo turno provavelmente para enfrentar seu colega de Câmara, Jair Bolsonaro.

 

 
Por André Rubio


Em passagem por Santa Cruz do Rio Pardo na manhã da última sexta-feira, 29, o deputado federal Milton Monti (PR) concedeu entrevista coletiva à órgãos de imprensa locais para falar de recursos enviados por ele ao município através de emendas parlamentares. O político é o deputado federal com mais recursos enviados à Santa Cruz.

“Sempre fui prestigiado aqui em Santa Cruz, esses recursos são uma obrigação que tenho com a cidade, por isso, sempre quero me superar ajudando cada vez mais a população da cidade”, disse o deputado.

Pré-candidato a continuar na Câmara Federal, o político respondeu perguntas sobre seu futuro político, deixando aberto inclusive, a possibilidade de candidatar ao senado ou vice-presidência no futuro.

“Não depende apenas de minha vontade ou de meu partido, precisamos unir várias forças. O partido apoiaria, mas dependemos de toda uma conjuntura, quando a hora chegar, minha experiencia vai me ajudar ir pelo melhor caminho”.

Com nome citado em deleção premiada de executivos da Oderbrecht, que apontaram que ele teria recebido propina na execução da Ferrovia Norte-Sul, em 2008 e 2009, Milton Monti se disse tranquilo quanto as investigações.

“Essas denúncias são coisas sem nenhum sentido. Pegou-se delações de várias empresas de várias pessoas, sem muito critério, e como o delator tem que contar uma história ‘bonita’ para receber o benefício, fizeram um envolvimento generalizado de pessoas. Esta empresa em questão, nunca contribuiu com minha campanha eleitoral, estou tranquilo, claro que tenho um desgaste, mas faz parte da vida pública”, comentou o deputado.

Monti também comentou sobre o momento político que o país atravessa e o cenário que considera aberto para as próximas eleições. Para o deputado a dificuldade dos candidatos considerados de ‘centro’ de emplacarem suas candidaturas passa pela insatisfação que a classe política desperta nos brasileiros.

Milton Monti foi recebido pelo prefeito de Santa Cruz, Otacílio Assis (PSB) e o deputado Estadual Ricardo Madalena (PR)

 

“O momento econômico do país começa melhorar mas a vida do trabalhador ainda não mudou, os índices estão melhores mas ainda não refletem na vida do trabalhador, isso atrapalha e deixa essa sensação ruim e desesperançosa em todos.”

Na analise do deputado se o cenário não se modificar, o PT deve colocar seu candidato no segundo turno provavelmente para enfrentar seu colega de Câmara, Jair Bolsonaro (PSL) o qual acredita ser o único com um eleitorado já consolidado.

Porém , na visão do deputado, mesmo sendo líder das pesquisas, Bolsonaro não está preparado para ocupar a presidência da República.

“Bolsonaro é uma pessoa muito séria, correta, mas não é uma pessoa totalmente preparada para os temas que o Brasil vai enfrentar. Ele um especialista em segurança pública, que é um tema importante, mas o país é muito mais complexo do que isso”, opinou Monti.

Confira abaixo a entrevista coletiva do deputado Milton Monti à imprensa de Santa Cruz.

 

 

 

 

Fique sempre por dentro das  Notícias em Santa Cruz atualizadas diariamente através do aplicativo ACHEI SANTA CRUZ , basta clicar na imagem abaixo que você será redirecionado a loja de aplicativos de seu smartphone!

 

 

Notícias Relacionadas