Adolescentes que ‘pulam’ café da manhã podem desenvolver obesidade

31/08/2019

 

Estudo indica que, nos jovens, não fazer essa refeição está associado a um ganho de peso e no tamanho da cintura.

 




Em um trabalho feito por pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) mostra que o hábito de muitos adolescentes de pular o café da manhã em suas casas antes de seguir para as escolas tem relação direta com o aumento da circunferência abdominal e pode tornar os adolescentes vulneráveis ao ganho de peso.

A partir dos dados de dois grandes estudos, um europeu e outro brasileiro, os cientistas avaliaram se os comportamentos relacionados ao equilíbrio energético adotados por esses adolescentes estariam associados a marcadores de adiposidade total e abdominal.

O estudo avaliou 3.528 adolescentes de 10 grandes cidades europeias. Já o estudo brasileiro avaliou 991 adolescentes e foi conduzido em 2007 na cidade de Maringá (PR). 

 

Receba nossas notícias diretamente em seu WhatsApp. Clique aqui e se cadastre!  


Os cientistas analisaram se os adolescentes que dispensavam o café da manhã apresentavam, em média, valores maiores nos marcadores de adiposidade em relação aos adolescentes que tomavam o café da manhã.

Tanto no estudo europeu como no brasileiro, os meninos se mostraram em média mais pesados e mais altos do que as meninas e apresentaram circunferência abdominal igualmente maior.

 

Veja reportagem completa clicando AQUI.



Conteúdo: Visão Notícias
 

 

Fique sempre por dentro das  Notícias em Santa Cruz atualizadas diariamente através do aplicativo ACHEI SANTA CRUZ , basta clicar na imagem abaixo que você será redirecionado a loja de aplicativos de seu smartphone!

 

 

Notícias Relacionadas