94% dos municípios do Estado registram casos de dengue

15/04/2019

 

Maioria das cidades com dengue zero fica no sudoeste paulista e têm menos de 10 mil habitantes.

 


Em pelo menos 94% dos municípios paulistas já foram notificados casos de dengue este ano. Do total de 645 cidades, em 606 ao menos uma pessoa apresentou os sintomas da doença de janeiro a março, conforme dados do Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria da Saúde do Estado. No mesmo período do ano passado, 545 cidades (84,5%) haviam tido dengue.

A maioria das cidades com dengue zero fica no sudoeste paulista e têm menos de 10 mil habitantes. A maior concentração de casos está na região noroeste do Estado. Até 15 de março, tinham sido confirmadas 29 mortes em São Paulo, mas o número já é maior.

A doença assusta populações de cidades de pequeno a médio porte, onde já são registradas mortes pela doença. Em Mirandópolis, de 29,2 mil habitantes, a primeira morte aconteceu na última quarta-feira (10), após a paciente, uma mulher de 42 anos, ser diagnosticada com dengue hemorrágica.

 

Receba nossas notícias diretamente em seu WhatsApp. Clique aqui e se cadastre! 

 

Ela estava internada no Hospital Estadual da cidade. A causa da morte foi confirmada pelos exames feitos no Instituto Adolfo Lutz. O município enfrenta epidemia com 805 casos de dengue este ano.

Em Tupã, de 75,9 mil habitantes, o primeiro óbito foi confirmado naa quinta, 11. Um idoso de 68 anos, morador do bairro Tabajaras, morreu após ser internado no Hospital São Francisco de Assis. A cidade tem 550 casos positivos e outros 670 em investigação.

No município de Américo Brasiliense, de 38 mil habitantes, na região norte do Estado, o primeiro óbito foi registrado no último dia 4. A vítima, um homem de 47 anos, morava no Jardim São José e também teve diagnóstico de dengue hemorrágica. 

 

Região

Na região, Bauru até os últimos números divulgados possui mais de 9.232 casos de dengue em 2019. Sendo apenas 11 deles importados de outros municípios.
 
Até o momento, 12 pessoas morreram por causa da doença na cidade, segundo a prefeitura. A cidade enfrenta a maior epidemia de dengue de sua história e também já conta com 48 casos suspeitos de zika. Todos aguardam investigação pelo Instituto Adolfo Lutz.
 
Santa Cruz do Rio Pardo, de acordo com a última atualização da secretaria de Saúde, divulgada na última sexta-feira, 12, possui 102 casos confirmados da doença, além de outros 160 pacientes aguardando confirmação da infecção.
 
Em Ourinhos, os dados da secretaria de Saúde apontam 43 casos confirmados e outros 404 aguardando resultado de exames.

 

 

 

Fique sempre por dentro das  Notícias em Santa Cruz atualizadas diariamente através do aplicativo ACHEI SANTA CRUZ , basta clicar na imagem abaixo que você será redirecionado a loja de aplicativos de seu smartphone!

 

 

Notícias Relacionadas